Desejo de Ano Novo

“Seja qual for o relacionamento que você atraiu para dentro de sua vida, numa determinada época, ele foi aquilo que você precisava naquele momento.”

(Deepak Chopra)

Um novo ano traz consigo uma imensa vontade de estar ao lado dos que amamos, queremos muito encontrar a felicidade, novos sonhos e planos são estabelecidos, pedidos e orações realizadas para que tudo seja maravilhoso em 2012.  Eu decidi já faz algum tempo não pedir nada na passagem do ano, pelo menos não para mim.  Então eu tenho agradecido a Deus tudo o que Ele me proporcionou e continua proporcionando.  É um sentimento de eterna gratidão por quem sou e por tudo o que me chega às mãos para fazer ou administrar.

Então esse ano eu decidi novamente pedir algo para os demais e não para mim, e o meu pedido será para a sociedade.  Sim acredito que toda a sociedade hoje precise de algo especial, que todos sejamos menos juízes formados pela sua própria percepção e experiência de vida.  Digo isso baseado nas experiências de vida que tive e das que compartilho com os meus clientes, colegas e amigos.

Ver pessoas julgando, criticando e cortando outras de suas vidas tem sido uma tônica bem comum nos dias atuais.  Quando não gostamos do que o outro faz então as cortamos das nossas vidas e/ou deixamos de nos relacionar.  Se a pessoa se afasta por um problema o mínimo que se espera são contatos para saber se a pessoa está bem.  Se a pessoa não liga, também não ligamos.  Mas jamais passa pela cabeça da criatura que o outro pode simplesmente não ter pensado em ligar com tanta coisa para pensar e resolver.  Essas pequenas atitudes vão quebrando e fragilizando as relações.  É o tal de julgar, condenar e sentenciar em minutos relações que levaram anos para serem construídas.  Às vezes me pergunto se existia realmente uma relação construída, ou a aparência de uma relação, seja ela de que nível for.

Tentando entender essas situações, com o estudo do comportamento humano, fico pensando que se uma pessoa é capaz de cortar da vida dela uma relação de forma tão abrupta, será que o que ela rejeita e condena no outro não seria exatamente aquilo que ela tem medo de ser.  Será que ela não identifica ali sua sombra projetada no outro.  E como avaliar isso, aponte o dedo na direção do outro para julga-lo, sentencia-lo e observe quantos dedos estão na sua direção.  Sim, isso mesmo os outros quatro dedos.

Então você que foi cortado não fique triste, outra pessoa irá surgir em seu caminho para te acolher.  E para os que simplesmente acreditam de verdade que cortando o outro da sua vida, poderão preservar- se, fica o lamento.  Acredito verdadeiramente que até você encarar isso não poderá chegar a LUZ.

Resgatar relacionamentos pode em alguns casos não ser possível.  Em outros casos podem ser necessários muitos passos, mas mesmo assim deixarão marcas na relação.  Já passei por algumas experiências, mas uma me marcou profundamente por ser uma pessoa que eu realmente considerava muito.  Ela foi capaz de julgar e cortar-me por algo que fiz, mas que ela já tinha feito também e bem pior há alguns anos antes.  Fez tudo parecer tão simples, mesmo conhecendo minhas fragilidades e problemas.  O mínimo que eu esperava era uma ligação para saber como eu estava de verdade, querer estar próxima, até por que muito do que foi falado era para manter a relação de amizade.  Mas eu só recebi mensagens no twitter ou no facebook tipo “Como vai você?” Ou “Manda notícias”.  O que isso me deixava de sentimentos ao ler era: uma falta de amizade total e um descaso muito grande da pessoa, se ela realmente quisesse saber de mim, ela iria pegar o telefone e ligar ou simplesmente apareceria para uma visita. 

O que ficou de aprendizado foi:

1.     Conhecimento de si mesmo e parar de projetarmos nos demais a “perfeição” que almejamos.

2.     Honrar e respeitar a vida e as escolhas das pessoas a sua volta.  Não é a sua vida, mas a do outro e é direito dele escolher.

Então a sua parte deve ser de continuar amando, e caso não saiba ou tenha esquecido: “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito para que todo aquele que Nele cresse fosse salvo.” Jo 3:16.  Mesmo que você não seja Deus, tente captar esse aspecto da perfeição Dele para a sua vida, você vai viver melhor.  Pois não carregará o peso de tantos julgamentos.

Os relacionamentos que passarem pela sua vida abrace-os e deixe-os ir quando for o tempo, pois o que realmente importa são as experiências da jornada, então perdoe e siga em frente, pois na estrada da vida muita gente ainda cruzará o seu caminho.  Então bem-vindo ano novo e todas as pessoas que cruzarão meu caminho para me ensinar algo, as experiências e jornadas desse novo ano me ensinarão ainda mais.

E muito obrigado a todos os seres de luz que cruzaram o meu caminho em 2012.  Serenidade, paz, amor, alegrias e muito sucesso a todos e um 2013 FAN-TÁS-TI-CO.

Deixe seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s