Joelho & Alma – Parte 2

O joelho é parte do corpo e como tal tem sua função, mesmo que no dia a dia só venhamos a nos lembrar dele quando estabanadamente batemos na quina de uma mesa.  Mas o joelho sustenta um corpo inteiro e quanto mais alimentado esse corpo, maior esforço e pressão sobre ele.

Quando ele começa a reclamar, a nossa intenção é trata-lo com um gelol ou gelo.  Ele melhora um pouco e rapidamente seguimos em frente, afinal que tempo tenho eu a perder com um joelho.  Mas tratamentos superficiais não resolvem de verdade, com o passar do tempo, se não há aprofundamento do tratamento podemos ter sérias complicações.

O especialista que está cuidando do meu caso, me disse que apesar do tombo que levei no Sinai ter sido nos dois joelhos, o esquerdo foi afetado com maior gravidade, porque a muitos anos atrás em uma luta de Taekwondo, meu joelho foi atingido por um golpe.  Na época o tratamento dado foi o superficial citado acima e se naquela época eu tivesse tratado com mais cuidado, hoje possivelmente não teria que passar por esse processo.

O processo envolve uma equipe, o Ortopedista especializado em joelho que me passa as terríveis injeções semanais, o Fisioterapeuta que cuida de reabilitar meus movimentos como um bebê que precisa reaprender a andar diariamente, o Personal Trainer que cuida de me manter em movimento para queimar calorias e fortalecer a coluna, e o Endocrinologista que está ajustando minha dieta e medicamento para que eu perca peso rapidamente.  Além de ter a minha parte que é respeitar e obedecer a cada ordem, cada conselho e seguir passo a passo no tratamento.  Sem pular nenhuma etapa ou tentar acelerar o processo.

As vezes somos um joelho no meio de um corpo de pessoas, elas nos vêem sofrer impactos e pensam que está tudo bem.  Até te oferecem tratamento, mas ele é superficial.  Na realidade temos um corpo inteiro para nos preocupar o que é um joelho diante de todo o corpo.  E se esse corpo é forte, consolidado, que mal fará um joelho impactado por golpes do passado.  Ele será capaz de sustentar esse corpo robusto que terás.

Um dia porém a fragilidade do joelho não suporta o peso e é hora do tratamento mais profundo.  Mas o problema para ser resolvido, precisa do corpo inteiro trabalhando para que ele se mantenha são, pois o corpo bem robusto e consolidado precisa perder peso, os pés do corpo precisam saber que não dá mais para correr e subir escadas rapidamente, pois o joelho agora só consegue caminhar como uma criança… Mas quem se deu conta?  Pois que tempo tenho eu a perder com um joelho?

Deixe seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s