Parábola do Bom Samaritano


Quando Jesus foi indagado sobre quem seria o próximo que deveríamos amar, respondeu por meio de uma história, dando-nos a entender que não importa a raça, posição social, ou qualquer coisa, o nosso próximo é aquele que precisa de nossa ajuda.

Isso me fez lembrar uma fábula, na qual um homem muito bom, faleceu e foi para o céu, mas antes de entrar pediu a Deus que lhe concedesse um favor, deixá-lo ir ao inferno para ver como era. Deus o permitiu e chegando lá, o homem pode constatar, que existiam muitas árvores frutiferas e fartura sem fim, virou-se para Deus e perguntou – "Não é aqui o inferno, como pode ser tão lindo?", e Deus lhe disse, olhe seus habitantes, eles eram magros e doentes, o que o homem retrucou dizendo, "Mas aqui têm tanta fartura, e eles são tão magros e doentes!". E Deus mais uma vez pediu que observasse os que ali habitavam, eles tinham os braços virados para baixo, e por isso não conseguiam se alimentar.

Chegando no céu constatou os mesmos alimentos, a mesma fartura e o mesmo defeito em seus habitantes, mas estes eram fartos, saudáveis e corados. Então o homem retrucou, -"Como pode?"- e Deus pediu que observasse o que ali se passava, e ele viu que um alimentava o outro, porque era só virar o braço.

Quando deixamos de ser egoístas e insensíveis, e somos capazes de ajudar ao nosso próximo, podemos contar com o mesmo tipo de ajuda, mas se nos mantemos distantes sofreremos, pois a Bíblia nos fala que o "melhor é dar do que receber", o que ganhamos, vem como conseqüência do que damos, tanto do nosso tempo, do nosso dinheiro e de tudo o que podemos pôr a disposição do nosso próximo.

O Samaritano, não só recolheu aquele homem, mas deu do seu tempo, deu atenção, ajuda financeira e o pôs em um lugar seguro, mesmo existindo entre eles uma barreira cultural, já que os samaritanos eram desprezados pelos judeus, por seu sangue meio-gentio. O samaritano mostrou-se superior e com espírito muito mais voluntário, pois não olhou se era uma amigo, apenas ajudou, aquele que precisava.

Infelizmente não são todos os que aceitam ajuda e nem todos os que querem dar, mas se podemos fazê-lo, por que não fazer. Deus nos capacita para isso, seja de forma espiritual ou material. Quantas vezes encontramos em nosso caminho, alguém ferido, que apenas deseja derramar a sua alma, e receber um abraço amigo e seguro.

Não adianta apenas querer ser um bom samaritano com os amigos, pois eles são amigos, e você os conhece, o difícil é ser bom samaritano com os que você não conhece. Quando leio essa parábola lembro-me de um texto que diz, "…tive frio e me aqueceste, fiquei doente e foste me visitar, tive fome e me alimentaste …", creio que cada ato desses está sendo registrado por Deus, e sem dúvida é através deles que receberemos os galardões. Esse ministério do bom samaritano é o mais arduo e nem sempre o mais gratificante na terra, mas o melhor diante dos olhos de Deus.

Marcos, você me falou que Deus somente abençoa a quem faz por onde, e realmente é assim, e saiba que ele assim o fez para que você fosse também um bom samaritano, mesmo sendo sua mãe que precisa de você, creio que se Deus não o tivesse moldado segundo a Sua vontade, você não teria tanto a oferecer a sua mãe, pois não basta dinheiro, casa e comida, é necessário também um ombro e um abraço amigo, o apoio e as palavras certas no momento certo.

O Bom Samaritano é cada um que tem o espírito voluntário sem preocupar-se com o que irá receber em troca, pois muitas vezes devemos estar preparados para recebermos até mesmo ingratidão ao invés de um obrigado. 

 

Deixe seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s