Na onda dos outros (by W.D.)

Um casal de noivos, querendo casar e convidar os seus amigos para a celebração, não tinha recursos para uma festa. Tiveram, então, uma idéia genial: Pediram para cada convidado trouxesse uma garrafa de vinho.
Na entrada da casa em festa colocaram uma grande pipa, e cada um dos convidados derramou a sua garrafa de vinho; todos beberiam do mesmo vinho. Os convidados vieram em grande número. Iniciada a festa, todos foram até a pipa para tirar vinho, e cada um encheu o seu corpo. Mas qual não foi o espanto de todos, quando viram que cada um tinha no seu copo água!
Envergonhados, olhavam um para o outro. Cada um pensara que uma única garrafa de água não apareceria no vinho de todos. Mas agora estava comprovado que cada um queria fazer a festa às custas dos outros. Por isso surgiu entre os convidados um sentimento de constrangimento e vergonha, e nada de alegria de festa. Essa história pareceu-me aplicável exatamente à nossa vida de fé e oração: Não podemos viver às custas dos irmãos na fé! Nem podemos ir "na onda" da vida espiritual do nosso pastor. Se não tivermos uma vida de oração própria, teremos uma vida cristã "adulterada".
É indispensável uma vida de fé e conversão pessoal; não podemos nos esconder atrás das ações coletivas. 
 

Deixe seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s